Vestibulares agora também é

O que foi a Acrópole? Aprenda para o Enem

Ruínas de acrópole em Atenas

A arquitetura tem um papel fundamental para a Grécia Antiga. Ela influenciava diretamente as dinâmicas existentes nas pólis e influenciavam na política, na cultura, na arte e no convívio social. E uma das mais importantes – e que, inclusive, resiste até os dias atuais – é a Acrópole.

Mas afinal, o que foi a Acrópole? Essa estrutura arquitetônica tinha muita influência também nas vidas das pólis. Saiba mais sobre ela e aprenda para arrasar no Enem.

O que foi a Acrópole?

Acrópole, em grego antigo, significa “cidade alta” e era o ponto mais alto das pólis gregas. A maior parte das cidades possuíam esse local, que tinha uma função importante: garantir a proteção da população, que podiam recorrer ao espaço para ficarem abrigados em casos de guerras e invasões no espaço.

Por ser em um ponto alto da cidade, era de mais difícil acesso para invasores e permitia uma melhor visibilidade por parte dos cidadãos. Mas não era só essa sua função.

A Acrópole também tinha uma função religiosa: por ser o lugar mais perto dos céus, lar de Zeus, era também um lugar de culto, no qual as pessoas se reuniam para cultuar os deuses do Olimpo. Também era possível encontrar edificações da administração política no espaço.

A Acrópole mais conhecida era a de Atenas, em uma das principais cidades-Estado da Grécia Antiga. Até hoje suas ruínas resistem.

Tour pela prova do Enem
Cariátides no templo em Atenas
A Acrópole mais conhecida fica em Atenas e tem suas ruínas na cidade até hoje

Quais as características arquitetônicas da Acrópole de Atenas?

A Acrópole é um dos grandes símbolos da arquitetura da Grécia Antiga. Afinal, a arte e estética grega foi conhecida pela valorização do belo, pela busca das proporções áureas e formas perfeitas. Isso passava não só pelas pinturas e esculturas, mas também pela arquitetura.

Dentro da Acrópole de Atenas, por exemplo, temos diversos templos em homenagem a deuses e deusas gregas. Um exemplo é o templo Parthenon, feito para homenagear a deusa Atena. Outro que se destaca pela sua arquitetura é o tempo de Erecteion, para cultuar Poseidon, feito em estilo jônico.

Além disso, durante a “era de ouro” de Atenas, grandes escultores da época fizeram obras que são consagradas na arquitetura mundial. Por exemplo, as Cariátides do local são as mais famosas em toda a Grécia e servem de colunas do templo de Erecteion.

Templo Erecteion na Grécia
O Erecteion é o templo dedicado a Poseidon, feito em estilo jônico

Qual a importância da Acrópole?

A Acrópole tinha um papel social muito importante para a vida nas diferentes pólis em que tinham essa estrutura. Isso porque o espaço era um importante local de socialização pela realização dos eventos religiosos no local.

Além disso, funcionava, também, como uma sede administrativa, na qual muitas decisões podiam ser realizadas no espaço, bem como tinham reuniões importantes que influenciavam nas rotinas da pólis.

A Acrópole era um ponto político, cultural e social muito importante da Grécia. Mesmo fora de Atenas (cuja estrutura era a mais importante), ela tinha um papel fundamental para a sociedade grega antiga.

Ficou alguma dúvida sobre a Acrópole? Deixe nos comentários e vamos entender melhor sobre o assunto.

Perguntas Frequentes

Quais as diferenças entre Acrópole e Ágora?

A Acrópole era o templo, localizado na parte mais alta da cidade, na qual era possível aumentar as defesas da cidade e, também, funcionava como um local religioso para cultuar os deuses do Olimpo no espaço.

Já a Ágora era um local central na cidade, considerada uma praça central, na qual os cidadãos se reuniam para discutir questões importantes da pólis.

Qual a diferença entre Acrópole e Partenon?

A Acrópole é a estrutura toda encontrada no ponto mais alto da cidade e que abrigava diversos templos e edifícios internamente. O Partenon é o edifício mais importante dentro da Acrópole de Atenas, sendo um dos monumentos mais visitados até hoje na cidade e representa, também, a tradição da arquitetura grega.

Quais as principais características da arquitetura da Grécia Antiga?

A arquitetura da Grécia Antiga valorizava a racionalidade, ordem, beleza, geometria, que eram consideradas a perfeição e valorizadas como aquilo que era, de fato, belo. As proporções áureas são sempre buscadas nas peças da arquitetura desse período da história.

Além disso, os prédios são marcados pelo uso de colunas, que podem ser de três diferentes tipos: dórica, jônica e coríntia. As diferenças estão nas formas de decoração das colunas.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.4 / 5. Número de votos: 9

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.