PEP no segundo semestre: como funciona?

estudante conferindo o pep no segundo semestre

Quando se aproxima o final do ano e o início do próximo, existe uma grande corrida de ingresso ao ensino superior. São vários candidatos em busca da sua oportunidade como se fosse a única, principalmente, para conseguir um financiamento. Porém, você não precisa passar por todo esse estresse porque pode contar com o PEP no segundo semestre.

Com esse benefício é possível fazer a sua graduação sem ter que se preocupar com o pagamento integral da mensalidade, e sem a necessidade de comprovar renda familiar. Mas atenção: não são todas as instituições de ensino que disponibilizam esse programa.

Quer saber mais sobre essa facilidade? Então, continue lendo este artigo para entender:

  • O que é o PEP?
  • Como conseguir o parcelamento no segundo semestre?
  • Quais são as vantagens de se candidatar no meio do ano?
  • Quem pode participar do programa?

O que é o PEP?

O PEP (Parcelamento Estudantil Privado) é um benefício que foi criado em 2015 para facilitar o acesso ao ensino superior. O intuito das faculdades participantes é possibilitar que os estudantes consigam concluir sua graduação sem dificuldades financeiras que levem ao abandono do curso.

Embora o PEP também seja conhecido como um financiamento estudantil privado, é interessante entender que ele é um pouco diferente desse tipo de benefício. Afinal, trata-se de um parcelamento que estende o pagamento das mensalidades da faculdade para depois que o estudante estiver formado.

Com ele, é possível obter até 70%* de desconto no curso escolhido. Assim, o valor mensal se torna bem mais baixo para que o aluno, ou a sua família, tenha condições de arcar com as despesas dos estudos.

O restante do valor não é acrescido de juros, ou seja, depois de se formar, o estudante continuará pagando a faculdade, mas sem arcar com nenhum tipo de taxa por isso. Então, sua dívida não ficará maior, e ele terá condições de fazer a quitação dela sem dificuldades.

Como você pôde ver, o PEP é um benefício muito atrativo porque:

  • não tem burocracias;
  • é disponibilizado para todos os alunos;
  • envolve uma grande quantidade de cursos;
  • está disponível nas melhores faculdades;
  • reduz em até 70%* o valor do curso;
  • não requer comprovação de renda;
  • não exige a participação no Enem;
  • a quantidade de vagas é ilimitada;
  • não soma juros nem taxas extras.

Como conseguir o parcelamento no segundo semestre?

Esse benefício visa atender os estudantes que ingressam na faculdade tanto no começo quanto na metade do ano. Portanto, também é possível aderir ao PEP no segundo semestre, sendo que as regras são as mesmas do primeiro.

Entretanto, quando falamos em regras você não precisa se preocupar, porque o parcelamento estudantil não tem exigências rigorosas como acontece com outros programas de financiamento estudantil. Na verdade, ele está disponível para todos os alunos que passarem no vestibular e se matricularem em uma das instituições de ensino que oferecem o programa.

Por isso, se você vai iniciar a sua graduação no primeiro ou segundo semestre, é indiferente. Para aderir ao PEP no meio do ano, o que muda é somente a data do cronograma que, nesse caso, é uma informação que você encontra na faculdade onde pretende estudar.

Além disso, diferentemente de como acontece com programas como o FIES e o Prouni, o PEP não está atrelado ao Enem. Sendo assim, não é uma exigência você prestar o exame nacional para recorrer ao benefício, mas é possível utilizar a nota dele no lugar do vestibular para conseguir uma vaga na faculdade.

Quais são as vantagens de se candidatar no meio do ano?

Conforme explicamos, no começo do ano há uma agitação muito grande para entrar na faculdade. Os estudantes estão terminando o ensino médio e, geralmente, os programas e benefícios têm um grande destaque nesse período, o que leva a uma concorrência muito acirrada.

Assim, é preferível esperar mais alguns meses e participar do PEP no segundo semestre para que você possa entrar na faculdade sem ter que disputar com tanta gente. Além disso, como será necessário prestar o vestibular, você terá um tempo a mais para se dedicar aos estudos.

Essa é uma das principais vantagens do PEP do meio do ano, porque o único requisito feito pelas instituições que o oferecem é o candidato realizar o processo seletivo. Então, como na metade do ano existe uma procura menor por ele, você terá maiores chances de ser aprovado.

Com relação ao número de vagas do parcelamento estudantil, lembre-se de que não existe uma limitação. Por isso, você conseguirá desfrutar do benefício sem precisar ficar esperando aprovação, como acontece com o financiamento do governo.

Quem pode participar do programa?

Quando se trata de programas de financiamento e bolsas de estudos, uma das principais preocupações dos candidatos é descobrir se eles atendem aos requisitos para ter direito. Se você está pensando em participar do PEP 2020, saiba que isso não acontece com esse programa.

Para ter acesso ao parcelamento estudantil privado, como dito, o candidato apenas precisa passar no vestibular de uma faculdade que ofereça esse benefício. Cada aluno matriculado tem, automaticamente, a garantia do parcelamento de uma parte do curso.

Isso porque o PEP é uma espécie de crédito pré-aprovado para todos. Então, no ato da matrícula, basta informar que você deseja aderir ao programa e realizar todo o processo na própria faculdade. Não é necessário comprovar renda, apresentar diversos documentos de todos os familiares nem conseguir fiadores.

Não importa se você tem uma renda familiar alta ou baixa, se estudou em escolas públicas ou particulares, se participou do Enem ou não. Basta fazer a sua inscrição para o vestibular de uma instituição participante, ser aprovado e solicitar o parcelamento junto à faculdade, sem distinções nem burocracias.

É válido lembrar que existem alguns cursos, como o de Medicina, que não são contemplados pelo Parcelamento Estudantil Privado. Portanto, é importante que você tire suas dúvidas junto à instituição de ensino para conferir quais são as graduações atendidas por ele. De toda forma, a maioria delas pode ser parcelada.

Se você quer começar a sua graduação ainda este ano, mas deseja suavizar as mensalidades do curso, parcele a faculdade participando do PEP no segundo semestre. Como você viu, é muito fácil conseguir o benefício, porque ele foi criado para atender pessoas como você, que querem realizar o sonho de conquistar o diploma de ensino superior.

Ainda dá tempo de participar do PEP agora em 2020. Faça sua inscrição para o vestibular e não perca sua chance de ingressar na faculdade pagando pouco!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: